Novidades

Agora com 258 cv, VW Amarok V6 volta a ser a picape média mais potente do Brasil

Picape chega a 272 cv com função “Overboost”; preço parte de R$ 243.290
Amarok V6 Extreme Black Style (divulgação)

Depois de meses de especulação e aparições na Argentina (onde já é vendida), finalmente a Volkswagen Amarok V6 com motor mais potente é lançada no Brasil na linha 2021. Além do motor recalibrado, a picape também tem como novidade o pacote Black Style. Os preços vão de R$ 243.290 a R$ 256.390.

Primeiramente, vamos falar do que interessa: o famoso motor V6 3.0 turbodiesel ganhou uma nova calibração na central eletrônica (ECU) e saltou dos 225 cv para 258 cv de potência, nada menos do que 33 cv a mais. Já o torque cresceu 5% e passou dos 56,1 kgfm para 59,1 kgfm, sendo que o torque máximo está disponível desde 1.400 rpm.

Amarok V6 Extreme Black Style (divulgação)

Bacana também é a função “Overboost”, que aumenta a pressão dos turbos e sobe a potência em 14 cv, chegando ao total de 272 cv por um período de 10 segundos – que são contados a partir do momento que o motorista pisa fundo no acelerador para uma ultrapassagem com a caçamba cheia, por exemplo. O recurso funciona em velocidades de 50 km/h a 120 km/h, podendo ser repetido depois de um intervalo de 5 segundos.

Amarok V6 Extreme Black Style (divulgação)

Com essas mudanças, a marca afirma que a aceleração de 0 a 100 km/h caiu de 8 para 7,4 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada eletronicamente em 190 km/h. O câmbio, que também foi recalibrado para suportar a nova potência e torque, continua sendo automático de 8 marchas e acompanhado da tração integral 4Motion – sem reduzida.

Amarok V6 Extreme Black Style (divulgação)

A Amarok com motor V6 é vendida somente nas versões Highline e Extreme. Aliás, a Extreme agora pode receber o pacote Black Style, formado pelas rodas de liga-leve de 20 polegadas pintadas de preto, mesma cor também adotada pelos estribos laterais tubulares, para-choque traseiro, grade dianteira, detalhes internos, entre outros.

Vale lembrar que, além do motor V6, a Volkswagen continua vendendo a Amarok com motor 2.0 TDI de 180 cv e 42,8 kgfm nas versões Comfortline e Highline – porém somente para vendas a frotistas.

Abaixo, confira os preços equipamentos por versão da Amarok V6 2021:

Amarok Highline CD 3.0 V6 TDI 4Motion (R$ 243.290): traz bancos revestidos de couro, banco do motorista com ajuste elétrico, airbags frontais e laterais, câmera de ré, central multimídia Discover Media com GPS nativo e suporte para Apple CarPlay e Android Auto, controles de estabilidade e tração, assistente de descida, faróis de neblina, faróis de xenônio com regulagem de altura e luzes DRL. Há ainda freios a disco nas quatro rodas com modo fora de estrada do ABS, bloqueio eletrônico do diferencial traseiro, monitor de pressão dos pneus, protetor de caçamba, rodas de liga-leve de 18 polegadas calçadas com pneus 255/60, lanternas escurecidas e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

Opcionais: rodas de liga-leve de 19 polegadas com pneus 255/55, estepe aro 18, capota marítima e estribo lateral.

Amarok Extreme V6 CD 3.0 TDI 4Motion (R$ 256.390): itens da Highline V6 mais ar-condicionado automático de duas zonas, bancos dianteiros com ajuste elétrico, pedaleiras esportivas, rodas aro 20 com pneus 255/50, santantônio integrado a carroceia com a inscrição Extreme, interior com colunas e teto em preto.

Opcional: capota marítima e pacote Black Style (cor preta aplicada nas rodas de 20 polegadas, para-choque traseiro (preto fosco), estribos laterais tubulares, capas dos retrovisores, frisos dos faróis de neblina em preto e moldura do painel de instrumentos em preto).

Veja mais: 

>> Depois da S10, Chevrolet Trailblazer ganha novo visual na linha 2021

>> Ford lança linha de acessórios para a Ranger com visual da versão Storm

>> JAC iEV330P: 1ª picape elétrica do Brasil faz sua estreia