Novidades

Agora você pode pagar o IPVA com PIX

Moradores de São Paulo podem pagar o IPVA com o PIX
Pix (divulgação)

Quem tem carro próprio já sabe, um dos gastos recorrentes é o pagamento do IPVA, e para que mora no estado de São Paulo, desde o dia 4 de janeiro de 2021 está liberado o imposto para veículos com final de placa 1 para pagamento.

Os carros com final de placa 01 tem até o dia 22 de março para fazer o pagamento, e no dia seguinte, fica liberado o IPVA dos carros com placa final 0, que tem o último dia para quitar a terceira e última parcela.

E mesmo com a redução do valor do IPVA – que está cerca de 6% mais barato – no estado de São Paulo, as contas de início de ano ajudam a pesar no orçamento. Pensando nisso, a Zul+  lançou um aplicativo que vai auxiliar o motorista na hora de fazer o pagamento do IPVA.

(reprodução)

Com esse aplicativo, os motoristas utilizam o sistema de pagamentos PIX para fazer o pagamento com 3% de desconto ou ainda podem dividir o valor em até 12 vezes no cartão de crédito também.

Segundo André Brunetta, CEO e fundador da plataforma, “nosso objetivo maior é sempre facilitar a vida de quem dirige, e as diversas possibilidades de pagamento do IPVA trazem um grande ganho para os brasileiros, que já precisam arcar com muitos gastos no começo do ano”.

Pagamento com PIX

Os proprietários de todos os veículos emplacados no estado de São Paulo já conseguem utilizar o PIX para fazer o pagamento instantâneo de multas, IPVA e Licenciamento no aplicativo.

Com mais rapidez e disponibilidade, o PIX no Zul+ permite que o motorista faça compras no aplicativo em qualquer hora do dia. O PIX funciona 24 horas por dia, nos 7 dias da semana, incluindo finais de semana e feriados. E o melhor de tudo: o pagamento cai na hora.

Pix (divulgação)

Em tese, é cobrada uma taxa de serviço de $15 reais no pagamento do IPVA via PIX, porém o usuário paga no momento somente $5, já que é concedido um desconto de $10 para incentivar o pagamento no aplicativo.

Desconto de 3%

Além disso, no app Zul+ também é possível pagar o IPVA 2021 em cota única com desconto -3% – ou nas três parcelas oferecidas pelo governo. Só existe desconto na taxa, caso o motorista pague o imposto em cota única ainda no mês de janeiro, seguindo o calendário oficial.

Aplicativo Zul+ (divulgação)

Dessa maneira, para garantir o desconto de 3% no valor do IPVA, o proprietário deve quitar o tributo integralmente até o dia de vencimento da sua primeira parcela.

 

Pagamento em 12 vezes

O pagamento ainda é possível ser feito em até 12x no cartão de crédito, ou por meio das carteiras digitais Apple Pay e Google Play. Ao parcelar o pagamento do tributo no aplicativo, o Zul+ quita o imposto integralmente junto ao órgão responsável. Dessa maneira, o débito do usuário aparecerá nas faturas do cartão de crédito, enquanto o tributo já constará liquidado corretamente junto ao departamento de trânsito após a confirmação de quitação enviada pelo aplicativo.

Aplicativo Zul+ (divulgação)

“Quisemos trazer opções para todos, sejam quem já está habituado com a tecnologia do PIX, quem deseja parcelar ou até quem se organizou para pagar à vista com o desconto. Entendemos ser fundamental oferecer um serviço democrático e que possa atingir realmente todos que possuem um automóvel”, finaliza o executivo.

  • Sobre o Zul+

O Zul+ é uma AutoTech focada em ser a melhor companhia para quem tem um carro. Lançado em 2017 com o objetivo de atender a demanda de zona azul na cidade de São Paulo, o aplicativo está presente também nas cidades de Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Cajazeiras, Curitiba e é líder em utilização e experiência para os motoristas.

Além da função de pagamento rotativo, a plataforma oferece serviços de alerta de rodízio com geolocalização, informações de valor de mercado para compra e venda de veículos, alertas de manutenção e concessionárias próximas, seção de tributos para pagamento e parcelamento de multas, IPVA e licenciamento, tags de pedágio (que permitem viajar sem pegar filas), acionamento de seguro e pagamento de estacionamento.

 

Sobre o autor

Avatar

Redação Momento Vox

Comente

Clque aqui para comentar