Novidades

Arteb orienta para os cuidados essenciais com lâmpadas de faróis e lanternas

Substituição deve ser feita assim que for detectada a queima de lâmpada
Selective focus point on Headlight lamp car

Rodar com o sistema de iluminação comprometido é passível de multa, conforme previsto Código de Trânsito Brasileiro. Então, para não se dar mal e, claro, evitar riscos de acidentes, a Arteb elaborou algumas orientações para o motorista ficar atento com a manutenção de lâmpadas de faróis e lanternas ao automóvel.

“Qualquer um que esteja habituado a observar a circulação de veículos, é comum verificar um dos faróis apagado ou mesmo ambos com iluminação reduzida; mesma coisa para as lanternas traseiras”, afirma Egidio Vertamatti, gerente de engenharia da Arteb.

Assim, o ideal criar o hábito de checar o sistema de iluminação com frequência, assim é possível perceber rápido o problema e providenciar a troca. Sem esquecer que, ao se antecipar ao problema, o proprietário do carro evita que uma peça com avaria provoque o desgaste de outros componentes do sistema e aumente os custos de reparo.

No caso dos faróis e lanternas, é aconselhável andar com um conjunto reserva de lâmpadas para garantir a substituição em situações adversas, como viagens, por exemplo.

Além de tomar cuidados na instalação, como manter a vedação das borrachas para não entrar água ou sujeiras, é preciso ficar atento ainda quanto à procedência das lâmpadas, priorizando marcas conhecidas e a compatibilidade técnica do modelo. Importante também é fazer a substituição sempre em pares, pois quando um filamento falha, o outro fica na iminência de apresentar o mesmo problema.