Novidades

Busca pela CNH Digital cresce 70% no estado de São Paulo em 2020

A CNH Digital foi criada em 2018
(divulgação)

Desde o início da pandemia, em março de 2020, alguns serviços como o Poupatempo e  Detran tiveram que se readaptar para emissão de documentos – como é o caso da CNH. Assim  como a busca por facilidades online, também cresceu.

O que você provavelmente não sabe é que anteriormente, em 2018, os órgãos responsáveis criaram a versão digital da CNH – Carteira Nacional de Habilitação –. Na época, 70% dos habilitados fizeram o download do documento, o que corresponde a 2.380.684 milhões de cidadãos. Os dados são do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito.

CNH (divulgação)

A CNH digital, tem o mesmo valor jurídico da impressa, que continua sendo emitida aos condutores pelo Detran São Paulo. Para utilizar é muito simples, ela pode ser acessada por meio de um QR Code presente no documento físico e é disponibilizada por um aplicativo, o CDT (Carteira Digital de Trânsito), da Serpro (Empresa de Tecnologia da Informação do Governo Federal).

Vendas de carros (Divulgação)

O código para baixar a CNH no aplicativo CDT é enviado no e-mail de cadastro do cidadão. Há também a opção de acesso pelo site do Poupatempo na aba “Serviços” (Desça até o ícone “CNH – Carteira Nacional de Habilitação” e clique em “Consultas e Acompanhamentos”. Em seguida, clique em “Consulta do código de segurança da CNH digital”).

Os motoristas que estiverem com a habilitação vencida ou a vencer em 30 dias podem fazer o pedido de renovação da CNH, de forma online, pelo portal – www.poupatempo.sp.gov.br – ou aplicativo Poupatempo Digital. O condutor, no entanto, não deve ter qualquer tipo bloqueio no prontuário, como suspensão, por exemplo.

Já para condutores com a habilitação emitida antes da nova tecnologia digital – sem o QRCODE- é preciso solicitar uma segunda via do documento para obter a versão online. A solicitação também pode ser feita pelo site ou aplicativo do Poupatempo. O valor da taxa é o mesmo da renovação.

Confira agora o passo a passo para obter o documento digital:

1 – Instale o aplicativo “CDT – Carteira Digital de Trânsito” no seu smartphone.

2 – Cadastro de usuário:

  • Uma vez instalado o aplicativo, abra e selecione: “Entrar com gov.br”
  • Na tela seguinte informe o CPF e selecione “Próxima”. (Tela do Gov.br)
  • Na próxima tela deverá ser informada a senha do usuário. Caso o usuário não possua conta no Gov.br, deverá criar uma conta. Após criar a conta, deve retornar ao aplicativo e clicar em “Entrar com gov.br”.

3 – Baixar a CNH digital:

Após o login, selecionar a opção “Habilitação”, em seguida selecionar “Toque aqui para adicionar a sua CNH”;

Não estando habilitado, o usuário deve optar por um módulo de autenticação. São eles: “Validação pelo celular (Validação Facial); Certificado Digital – Portal de Serviços Denatran; sem certificado digital (Validação de balcão do Detran).

Ao escolher a validação facial o usuário deverá:

  • Informar o CEP à época da emissão da CNH Física;
  • Efetuar a leitura do QR Code;
  • Realizar a Validação Facial, atendendo às solicitações do aplicativo;
  • Ao final da validação facial, informar o número do telefone;
  • Pronto! Está disponibilizada a CNH digital em seu smartphone.