Novidades

Ford Territory chega ao Brasil para encarar Jeep Compass e companhia

Equipado com motor 1.5 turbo, SUV chega com preço a partir de R$ 165.900

Atração no último Salão do Automóvel de São Paulo em 2018, o novo Ford Territory finalmente deixa de ser uma promessa e chega ao Brasil. O SUV, que vem para ocupar uma lacuna acima do EcoSport, entra em pré-venda nesta sexta-feira (7) e desembarca no país com preços de R$ 165.900 (versão SEL) e R$ 187.900 (versão Titanium).

O novo Territory vem para ser o representante da Ford entre os SUVs médios, segmento no qual o Jeep Compass é lides disparado, sendo seguido por outros concorrentes importantes como Volskwagen Tiguan, Chevrolet Equinox, Toyota RAV4, entre outros. Já disponível para reserva, o Territory chega às concessionárias em setembro importado da China – sendo vendido em duas versões: SEL e Titanium.

Suas dimensões são: 4,58 m de comprimento, 1,93 m de largura, bons 2,71 m de entre-eixos e apenas 348 litros de capacidade no porta-malas (que pode chegar a 420L sem a divisória)

Ford Territory (divulgação)

Aliás, ambas as versões do SUV médio da Ford virão equipadas com o mesmo motor: um 1.5 16V turbo (batizado de EcoBoost GTDi) de injeção direta movido a gasolina, que envia para as rodas dianteiras 150 cv e 22,9 kgfm de torque (disponível desde os 1.500 rpm). A única oferta de transmissão será a automática do tipo CVT, que simula até 8 marchas. Segundo a marca do oval azul, esse propulsor faz com que o modelo vá de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e atinja a velocidade máxima de 180 km/h.

Com desenho discretamente reestilizado em relação ao modelo apresentado no Salão do Automóvel de 2018, o Territory é “irmão” do SUV chinês Yusheng S330, que junto do modelo da Ford também é produzido pela Jiangling Motors no país asiático.

Ford Territory (divulgação)

Mas vamos falar de equipamentos. Na versão base SEL, o SUV vem equipado com faróis e lanternas de led, rodas de liga-leve de 17 polegadas, sensor fotocrômico e central multimídia com uma generosa tela de 10,1 polegadas, que tem suporte sem fio para Apple CarPlay e com cabo para Android Auto. Ele soma ainda seis airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, controlador de velocidade de cruzeiro, sensor de pressão dos pneus e chave presencial para acesso e partida.

Bacana também é que o modelo vem equipado com um modem que permite acesso remoto direto pelo smartphone via aplicativo FordPass. Pelo app é possível travar e destravar as portas, dar partida à distância e até ligar o ar-condicionado. Dá também para localizar o veículo e ficar ligado no nível de combustível e na pressão dos pneus.

Ford Territory (divulgação)

Já a versão Titanium soma ao pacote o teto pintado de preto, rodas de 18 polegadas,  maçanetas cromadas, além de retrovisores com luzes de aproximação e rebatimento elétrico. O SUV ainda traz cabine com revestimento na cor bege, painel digital configurável com tela de 10″, luz ambiente configurável em sete cores, banco do motorista com regulagem elétrica (com direito a aquecimento e ventilação), carregamento de celular por indução (sem fio), limpador de para-brisa com acionamento automático e  sistema de som com 8 alto-falantes e câmera com visão 360 graus. Fecha o pacote o controlador de velocidade adaptativo, sistema de frenagem automática, alerta de colisão, alerta de ponto cego e de saída de faixa, bem como assistente de estacionamento.

Ford Territory (divulgação)

A Ford oferece ainda condições especiais de lançamento, como três revisões grátis e 1 ano de seguro pago para os primeiros 250 compradores do Territory. Como medida de segurança, o veículo será entregue na casa do cliente totalmente higienizado.

Por fim, existe ainda a possibilidade de blindar o veículo (proteção 3-A em empresa homologada pela Ford) e incluir o custo do serviço no valor do financiamento.

Veja mais:

>> Caoa Chery reajusta preço do Tiggo 5X

>> Ford adota ações para garantir os serviços pós-venda aos clientes

>> Volvo Car Brasil apresenta o XC40 Plug-In Hybrid, seu novo SUV híbrido