Novidades

Nova Toyota Hilux 2021 tem visual repaginado e chega aos 204 cv

Picape traz controlador de velocidade adaptativo e alerta de colisão frontal; preço chega a R$ 241.990
Toyota Hilux 2021 (divulgação)

A Toyota lançou a linha 2021 da Hilux, que estreia nas lojas com visual repaginado e motor turbodiesel mais potente. Importada de Zárate (Argentina), a picape média também recebeu novos equipamentos de segurança e de assistência ao motorista. Mas como já era esperado, seu preço subiu bastante e a picape reestilizada chega com valores entre R$ 164.790 e R$ 241.990. A apresentação da linha 2021 do utilitário SW4 fica para a semana que vem.

A maior mudança na picape média é visual e concentrada na dianteira, que recebeu novos faróis mais afilados e com iluminação full LED na versão topo de linha SRX. Além disso, a grade dianteira traz novo desenho e moldura cromada, enquanto o para-choque também remodelado traz luzes de neblina nos cantos. Já na traseira as lanternas de LED ganharam um novo arranjo interno com assinatura que remete ao número “3”.

Toyota Hilux 2021 (divulgação)

Já a cabine traz mudanças mais contidas, com maior destaque para a nova central multimídia com tela de 8 polegadas que traz GPS nativo e suporte a Apple CarPlay e Android Auto. O painel de instrumentos ganha um novo grafismo e uma tela de TFT de 4,2”. Por fim, as versões SRV e SRX têm TV digital, enquanto a topo de linha ostenta um novo sistema de som JBL com direito a alto-falante de subgraves e bancos dianteiros com sistema de ventilação.

Toyota Hilux 2021 (divulgação)

Quando o assunto é segurança, o destaque é o novo pacote Toyota Safety Sense que agrega controlador de velocidade adaptativo, alerta de colisão frontal e também aviso de saída de faixa. Vale lembrar também que toda a linha 2021 da Hilux (incluindo as versões cabine simples) vem equipada com controles de estabilidade e tração, bem como o assistente de partida em rampa.

Toyota Hilux 2021 (divulgação)

Em relação à segurança, toda a linha Hilux 2021 recebe controle eletrônico de estabilidade e tração e assistente de saída em rampa, que não equipavam os modelos de cabine simples até então. Na versão SRX o inédito pacote Toyota Safety Sense inclui controlador de distância à frente, monitor dessa distância com alerta de risco de colisão (não promove frenagem automática) e alerta de saída da faixa de rolamento.

Debaixo do capô o motor turbodiesel 2.8 foi mantido, mas que foi atualizado com uma turbina maior para ficar mais potente e chegar aos 204 cv e 50,9 kgfm de torque, sempre com câmbio automático de 6 marchas e tração 4×4. O incremento chega a 27 cv e 5 kgfm a mais em relação ao modelo anterior com caixa automática. As versões com transmissão manual seguem com 42,8 kgfm de torque.

O motor 2.7 flex com até 163 cv e 25 kgfm não teve mudanças e segue com tração 4×2 e 4×4, sempre com caixa automática de 6 velocidades. E ao menos até o momento, o motor V6 4.0 de 234 cv a gasolina ainda não consta no catálogo 2021 da picape.

Toyota Hilux 2021 (divulgação)

Além do motor turbodiesel mais potente, as versões cabine dupla da picape ganharam novos amortecedores e molas para maior conforto de rodagem, com destaque para a topo de linha SRX, que passa a usar amortecedores de 32 mm. Por fim, a marca alterou em todas as versões as buchas da junção das molas com o chassi e os suportes de cabine, tudo para a redução do nível de vibrações para a cabine.

Abaixo, confira todas as versões da Hilux 2021 e seu respectivos equipamentos e preços (somente modelos cabine dupla):

Hilux SR 4×2 2.7 Flex AT (R$ 145.390): vem equipada com ar-condicionado automático digital, direção hidráulica, computador de bordo, controlador de velocidade, central multimídia com tela de 8″ e suporte a Apple CarPlay e Android Auto, câmera de ré, controles de estabilidade e tração, sete airbags, assistente de reboque e de subida. Há ainda modo de condução Eco e Power, retrovisores elétricos, acendimento automático dos faróis, rodas de liga leve de 17 polegadas, luzes diurnas e faróis de neblina de LED.

Hilux SRV 4×2 2.7 Flex AT (R$ 157.490): igual a SR 4×2 Flex, mais partida por botão, central multimídia com GPS e TV digital, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e rodas de liga leve de 18 polegadas. Soma também retrovisor fototrocrômico e banco do motorista com regulagem elétrica.

Hilux SRV 4×4 2.7 Flex AT (R$ 169.790): mesmos equipamentos da SRV 4×2 Flex, mas com a diferença de trazer tração 4×4 com reduzida.

Hilux STD Power Pack 4×4 2.8 Diesel manual (R$ 188.990): ar-condicionado, direção hidráulica, bloqueio do diferencial traseiro (com acionamento elétrico), volante com regulagem de altura e distância e retrovisor com ajuste elétrico. Soma também central multimídia com tela de 8 polegadas com suporte a Apple CarPlay e Android Auto, assistente de reboque e de subida, acendimento automático dos faróis, rodas de aço de 17 polegadas, luz de condução diurna, controles de estabilidade e tração e sete airbags.

Hilux SR 4×4 2.8 Diesel AT (R$ 201.790): igual a versão SR Flex 4×4.

Hilux SRV 4×4 2.8 Diesel AT (R$ 216.990): mesmos equipamentos da versão SRV 4×4 Flex.

Hilux SRX 4×4 2.8 Diesel AT (R$ 241.990): itens da SRV mais pacote se segurança ativa Toyota Safety Sense, sistema de som JBL com oito alto-falantes e um subwoofer, faróis e lanternas de LED e bancos dianteiros com sistema de ventilação.

Veja mais: 

>> Agora com 258 cv, VW Amarok V6 volta a ser a picape média mais potente do Brasil

>> JAC iEV330P: 1ª picape elétrica do Brasil faz sua estreia

>> Conheça os sinais de problemas no pivô de suspensão