Novidades

São Paulo ganha primeiro posto de recarga rápida para elétricos e híbridos plug-in

Projeto envolve a EDP, Audi, Porsche e Volkswagen; posto foi inaugurado em Caraguatatuba (SP)
Posto de recarga EDP (divulgação)

O Brasil receberá um investimento amplo para a instalação de eletropostos para recarga rápida de veículos elétricos ou híbridos plug-in. Isso será possível graças a uma parceria que envolve a EDP, Audi, Porsche e Volkswagen, cujo projeto batizado de Plug & Go deu origem ao primeiro eletroposto de recarga ultrarrápida público da América do Sul. E ele foi recentemente inaugurado na cidade de Caraguatatuba (SP).

De acordo com o comunicado, o projeto Plug & Go conta com as empresas ABB, Eletric Mobility Brasil e Siemens, marcas que são fornecedoras das soluções de carregamento. Nesse primeiro eletroposto localizado no litoral norte de São Paulo, estão instalados carregadores de recarga ultrarrápida de 150 kW em corrente contínua (DC) e de recarga semirrápida de 22 kW em corrente alternada.

Posto de recarga EDP (divulgação)

O local tem capacidade para a recarga de três veículos ao mesmo tempo nos dois carregadores. Além disso, o tempo médio de recarga é de cerca de 15 minutos para 100 km de autonomia no carregador ultrarrápido. O primeiro posto inaugurado fica localizado no Shopping Serramar, litoral norte de São Paulo (Av. José Herculano, 1086 – Pontal de Santa Marina, Caraguatatuba-SP).

Posto de recarga EDP (divulgação)

Além do eletroposto de Caraguatatuba, é previsto ainda para 2020 a inauguração de mais 10 novos postos nas Rodovias Régis Bittencourt, Fernão Dias, Bandeirantes e Anhanguera. Segundo o anúncio, o projeto tem a expectativa de chegar a marca de 30 novas estações de recarga no período de três anos – e que vão cobrir todo o Estado de São Paulo.

Com um investimento de R$ 32,9 milhões, o projeto Plug&Go vai se conectar aos eletropostos de outras iniciativas. Com isso, será formado um corredor com mais de 2.500 quilômetros de extensão que interligará São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Curitiba e Florianópolis.

“A entrega do primeiro posto da rede de recarga ultrarrápida é um marco importante num projeto tão estratégico para a expansão da mobilidade elétrica no Brasil. A EDP está empenhada em protagonizar a transição energética para uma economia de baixo carbono, daí o nosso orgulho de liderar iniciativas como essa no Brasil”, afirma Nuno Pinto, head de Mobilidade Elétrica e Serviços ao Cliente da EDP Smart.

Para recarregar os veículos elétricos e híbridos plug-in na rede, os motoristas precisam fazer um cadastro no site da EDP Smart e logo depois solicitar um cartão de mobilidade elétrica, que será enviado para o endereço gratuitamente depois de 20 dias corridos. Esse cartão permitirá o desbloqueio junto aos leitores das estações de recarga, assim liberando os conectores para o abastecimento do veículo.

Em breve o projeto também vai disponibilizar um aplicativo para que os clientes cadastrados possam também desbloquear, monitorar e utilizar os eletropostos de forma digital, sem a necessidade do cartão.

Veja mais: 

>> Volvo inaugura 1º estacionamento gratuito para híbridos e elétricos no Brasil

>> Volkswagen Taos: rival do Compass é revelado por completo

>> Feita no Brasil, Voltz EVS é moto elétrica por R$ 15.900